Política
03/07/2014
Alterar Tamanho da Fonte 
Após prescrever o prazo de 180 dias de afastamento, TJ determina a recondução dos agentes aos cargos públicos.

 O desembargador Trindade dos Santos deferiu pedido do prefeito e vice-prefeito de Abdon Batista, Lucimar Salmória e Fernando Mocelin, investigados na Operação Fundo do Poço, para reintegração dos cargos. O prefeito e o vice estavam afastados desde o dia 20 de dezembro, prescrevendo o prazo de 180 dias de afastamento determinado pelo Tribunal de Justiça (TJ). O prefeito Lucimar voltou ao cargo na sexta-feira (28), reassumindo os trabalhos na prefeitura de Abdon Batista. Já a decisão para reintegração do cargo do vice foi publicada no dia 30, última segunda-feira. Na semana passada, o Tribunal também deferiu a reintegração do cargo ao prefeito de Erval Velho, Walter Kleber Kuncher Júnior.
A prefeita afastada de Celso Ramos, Inês Terezinha Schons também ingressou com petição pedindo a reintegração do cargo, no entanto, até o fechamento dessa edição, nenhuma decisão foi publicada pelo desembargador favorecendo o pedido. O afastamento dos agentes públicos foi determinado por suposto envolvimento em fraudes em licitações e associação criminosa, crime revelado na Operação Fundo do Poço encabeçada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de Santa Catarina (MP/SC) em novembro do ano passado. Com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em revogar a suspensão do trâmite do processo na Justiça estadual, o TJ designou a data do dia 06 de agosto para o julgamento de eventual recebimento da denúncia feita pelo Ministério Público estadual contra 46 pessoas.
Em nota emitida pela assessoria de comunicação da prefeitura de Abdon Batista, classificou o afastamento de Lucimar Salmória como um “período difícil enfrentado pelo homem público que sempre primou pela imparcialidade e verdade nas ações”. Lucimar disse estar confiante na justiça. “Nós acreditamos que a justiça vai ser feita, pois os fatos já estão se esclarecendo e vão se esclarecer ainda mais. Tenho a consciência tranquila de que não estou envolvido com os esquemas mencionados e investigados”, afirmou o prefeito.
Para ele, uma nova etapa se inicia e não há tempo a perder. ”Vamos retomar os projetos que são indispensáveis para o crescimento de Abdon Batista e verificar as vias que podem se abrir para captação de recursos na intenção de viabilizar estas ações. A partir de agora vamos caminhar firme, sempre pedindo aos colaboradores que trabalhem com base em princípios e que tenhamos um zelo pela coisa pública de maneira muito mais acentuada”, disse.



Notícia Visualizada 153 vezes
Últimas Notícias
29/08/2019  — Polícias apreendem 250 quilos de maconha
09/08/2019  — Agronegócio ganha fôlego na suspensão das novas alíquotas do ICMS
18/06/2015  — Aposentados vão derrotar Dilma no Congresso
12/06/2015  — Facisc reivindica a parlamentares veto a Projeto de Lei que reduz desoneração da folha de pagamentos
10/06/2015  — Dilma mente novamente. Seu pacote é de privatização.
05/02/2015  — Poder Legislativo retoma sessões
02/02/2015  — Deputados estaduais tomam posse na Alesc
30/01/2015  — Nelson Carrafa é o novo presidente do Legislativo
19/12/2014  — Novo Código de Processo Civil vai à sanção
01/09/2014  — Prazo para entrega da segunda parcial de contas vai até amanhã