Segurança Publica
12/06/2015
Alterar Tamanho da Fonte 
A pedido de Padre Pedro, Ministério solicita recursos para pesquisas sobre tornados em SC

Eventos climáticos extremos, como tornados, são de difícil previsão edemandam investimentos altos em pesquisa e em sistemas de alerta.

 

Em abril, depois de mais um tornado atingir a região Oeste de Santa Catarina, o deputado Padre Pedro Baldissera solicitou oficialmente (MOC 43/2015) ao Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) e ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a ampliação dos investimentos em pesquisas e convênios dirigidos à previsão de tornados. Eventos climáticos extremos, como tornados, são de difícil previsão e demandam investimentos altos em pesquisa e em sistemas de alerta.

 

 O diretor do Inmet, Antônio Divino Moura, respondeu ao deputado (ofício 151/2015) afirmando que o órgão, por meio do MAPA, solicitará ao Ministério de Ciência e Tecnologia recursos para estabelecer novas linhas de pesquisa em agrometeorologia, previsão de tempo e previsão e monitoramento de eventos severos, em especial no Estado. "Nossa região é a segunda no mundo em probabilidade de ocorrência de tornados e além de articularmos o atendimento pós evento, precisamos ampliar o tempo para avisar comunidades", explica Padre Pedro.

 

Segundo o parlamentar, desde 1984 foram registradas 50 ocorrências de tornado em Santa Catarina, com destaque para o caso de Guaraciaba, em 7 de setembro de 2009, e o último em Xanxerê e Passos Maia, no dia 20 de abril deste ano. "Os radares meteorológicos são importantes na previsão de tempestades e outros fenômenos similares, mas a previsão de tornados é complexa e mesmo com alta tecnologia é possível apenas pouco tempo de antecedência. Investir em pesquisa nos garante que alcancemos mais tempo, menos custos e mais vidas preservadas", destaca o deputado.

 

Um longo caminho

 

O diretor do Inmet, Antônio Divino Moura, explica que a Organização Meteorológica Mundial (OMM) estabelece seu plano operacional e de pesquisas há cada quatro anos. O plano busca promover e motivar os Estados que integram a Organização a investir em pesquisas científicas sobre tempo e clima, além dos serviços meteorológicos. "Vamos solicitar ao Ministério de Ciência e Tecnologia que priorize em seu Plano Pluri-Anual recursos para estas pesquisas", observa Moura.

 

Moura observa que a Epagri /Ciram tem se destacado em várias áreas do desenvolvimento do conhecimento agroclimatológico, e que o Inmet, em conjunto com a entidade, mantém intercâmio de informações para subsidiar sistemas de previsão nos dois órgãos. São 21 estações de coleta automática de dados e transmissão de forma aberta aos usuários, em tempo real. Além disso, outras seis estações convencionais funcionam no Estado.

 

No documento enviado ao deputado Padre Pedro, Moura observa que "eventos como tornados são de difícil previsão" e que mesmo nos Estados Unidos, que conta com uma densa rede de radares Doppler, satélites meteorológicos e sistemas de comunicação, somente são possíveis alertas de no máximo poucas horas de antecedência. "Se conseguirmos recursos para parcerias com estas instituições podemos, a médio prazo, garantir no mínimo esta resposta nas previsões. E junto disso, claro, um sistema que articule defesas civis, polícias e outros órgãos de apoio", complementa Padre Pedro.

 

Fonte: Agência Comunidade por Assessoria de Imprensa



Notícia Visualizada 137 vezes
Últimas Notícias
05/09/2019  — Governo de SC convoca aprovados da Segurança Pública
09/08/2019  — Dupla é presa em flagrante por Tráfico de Drogas em Campos Novos
08/08/2019  — Governador de Santa Catarina anuncia convocação de concursados do IGP, Polícia Civil e Bombeiros
08/08/2019  — Homem é preso em flagrante por Violência Doméstica em Campos Novos
07/08/2019  — Policias Civil e Militar cumprem Mandados de Busca e Apreensão no Município de Zortéa.
05/08/2019  — Ocorrências atendidas pela PM durante o final de semana em Campos Novos
05/08/2019  — Polícia Civil celebra 207 anos de história em Santa Catarina
06/02/2019  —  Morte de bebê vira caso de polícia em Campos Novos. Polícia Civil já ouviu a mãe e familiares
25/06/2015  — Polícia Civil de Campos Novos prende homem que espancava a mãe, o enteado de 5 anos e a companheira
19/06/2015  — Policiais utilizam WhatsApp para identificar suspeitos